Apologética (6)
  • img-book

    A Batalha Pertence ao Senhor por: K. Scott Oliphint R$47,90

    Muitos de nós pensamos que, quando nos envolvemos em apologética, devemos deixar nossa Bíblia em casa; que devemos usar a razão com os incrédulos somente na base do “terreno comum”. Scott Oliphint enfatiza, de maneira correta, que o cristão jamais pode deixar sua Bíblia de lado, pois a Escritura apresenta o padrão para tudo o que fazemos, incluindo a apologética. Oliphint analisa algumas das passagens mais importantes da Bíblia — e nos direciona para muitas outras. Um livro claro e não técnico, representando um acréscimo útil à literatura de apologética pressuposicional. ― John M. Frame

  • img-book

    Deus e o mal por: Gordon H. Clark R$26,90

    O tratamento de Gordon Clark ao assunto é uma joia rara. Enquanto outros recuam e são transigentes, cedendo ponto após ponto, ele enfrenta o desafio com conhecimento e precisão. Ele mantém a natureza de Deus constante e explica todas as outras coisas por meio dela. Esta é a única abordagem correta, e resulta numa resposta que não pode ser questionada. No processo, ele interage com vários teólogos filósofos, chega a definições apropriadas para termos cruciais, e responde as objeções. A exposição de forma geral tão excelente que torna quase todas as outras tentativas supérfluas.

  • img-book

    Em Defesa da Teologia por: Gordon H. Clark R$30,90

    Ao longo dos séculos, a teologia cristã tem tido muitos oponentes, tanto cristãos como arreligiosos, cuja incredulidade varia grandemente nos detalhes, mas, ao que parece, todos se apegam a uma ideia comum: intelecto e religião são antitéticos. Este livro visa a esses oponentes da teologia cristã.

    O Dr. Gordon Clark apresenta uma defesa inteligente e irrefutável da teologia cristã. Deus revelou-se em palavras organizadas em proposições lógicas. Somos obrigados a entender e a crer em tais palavras. Não há nenhuma outra maneira para se conhecer a verdade e obter a vida.

  • img-book

    Notas da xícara maluca por: N. D. Wilson R$48,90

    O que é o mundo? Que tipo de lugar é este?

    Do tipo redondo. Do tipo giratório. Do tipo úmido. Do tipo habitado. Do tipo que tem flamingos (reais e artificiais). Do tipo em que a água no céu se transforma em cristais esculpidos com beleza simétrica por artistas incapazes de conter-se (nos quesitos design e quantidade). O tipo de lugar com ácaros minúsculos, de dentes poderosos, destinados a comer minha pele morta ao cair nos carpetes… O tipo com pessoas que matam, pessoas que amam e pessoas que fazem as duas coisas…

    O mundo é belo, mas terrivelmente esfacelado.

    Eu amo o mundo como ele é, porque é uma história e não está parado em um lugar. Ele está cheio de conflitos e trevas como toda boa história. Há uma história para contar, um mundo de surpresas e questões a explorar, uma personalidade continuamente sondada a ser descoberta e entendida na realidade a nosso redor. E há alguém por trás disso, respostas desconfortáveis para comos, porquês e quês. No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Todas as coisas foram feitas por meio dele…

    Bem-vindo ao poema dele. À peça dele. Ao livro dele. Deixe que as páginas toquem seus dedos.

  • img-book

    Por que creio em Deus por: Cornelius Van Til R$29,90

    “Você deseja uma pequena joia que explique e ilustre a apologética pressuposicional? Então leia o pequeno panfleto de Cornelius Van Til intitulado Por que creio em Deus. Ele não é chamativo no estilo, nem é complexo no conteúdo. Mas é devastador.” — Greg Bahnsen

    Nesta edição em português incluímos notas de comentário do Dr. Greg Bahnsen e ao final um apêndice do Dr. K. Scott Oliphint (“Van Til o Evangelista”).
  • img-book

    Todo mundo pensa, você também por: Wadislau Martins Gomes R$44,90
    Para o cristão movido pelo profundo compromisso de fé, aprender a pensar é aprender a expurgar de ideias e
    comprometimentos apóstatas não apenas o mundo de nossas ideias explícitas, não apenas o sistema ostensivo de axiomatizações que gostamos de pensar como o nosso sistema de ideias e de crenças. Antes, para o cristão pensador (ou um pensador cristão), aprender a pensar significa começar pelo universo tácito, pelos comprometimentos e compromissos fi„duciários, fazendo uso da revelação para analisar, como que diante de um espelho, os pressupostos mais profundos, para, só então, proceder ao desenvolvimento e à organização de nossas ideias.
    É isso que o autor começa a fazer e, se você embarcar com ele nesta jornada, creio que estará bem encaminhado
    para pensar seus pensamentos após os pensamentos de Deus. Ao mesmo tempo, talvez até pela forma bem-humorada e respeitadora da capacidade dos leitores (o autor de fato presume que o leitor é um ser pensante!), você sentirá que a jornada proposta neste livro não o desencorajará nem o fará se sentir ignorante diante de um autor brilhante. Ao contrário, você se empolgará com as possibilidades e se sentirá honrado e respeitado como pessoa que pode, realmente, aprender a pensar biblicamente!